poema

Maryara

Doe tanto te olhar

Doe saber que você não é meu

Doe mais do que eu posso suportar

Doe a sua pequena indiferença

Doe você ser tão distante

Doe nada ser como antes

by Thainá Salomão

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s